Friday, September 29, 2006



estilo

ao sabor do inverso
permaneço


e tento.

Ao invés
atravesso

avessos,

não me entrego.

Nunca venço,
nem por nada

espero.

Sempre em recomeço.

A morte
do que é mesmo
é meu colégio

e erro.


***
arte de Warhol.

Tuesday, September 19, 2006



o inimigo

só. O tempo é onde, tiro. Nunca contem
comigo. Não é uma ambição minha:
o homem mais forte do mundo
está sozinho. É melhor que eu continue
de fora. Meus gritos
não foram feitos para todos
os ouvidos.

Saturday, September 09, 2006



Ivanildo Vila Nova

O canto sem teatro, o dom com método.
Baião sem barrocos, o toque cético.
Os lábios em rascunho, espírito stereo.
A única performance é a do verso.

A inspiração ao fio do critério.
Arquitetura de marco enciclopédico.
O olhar de mira: coldre a descoberto,
a mão à véspera, a fósforo, a périplo.

A viola, arma branca ao deus ébrio.
Campos do improviso, calango elétrico.
Um transe com cronômetro, desconecto
da extinta linha dos aedos

Tuesday, September 05, 2006




mito

para iluminar minha falta
nenhuma ex
a remendar fios
de alta tensão