Saturday, December 23, 2006

rap p/ Fabiano Gonper

o futuro é uma moeda que só vale ontem.
Quadros se fazem no olhar que os trouxe.
Lugar sem chão, fronteira, tese ou hoje:
a obra e o olho a revezar seus ondes.

Igual um livro em branco que encontre
seu leitor e as páginas surjam, texto, forma e sobre
letra a letra, lauda a lauda, se chegasse a um nome:
o do leitor ( é claro) que como espelho rompe

-se em ser moldura e transfiguração do que houve.
3x4 on-line a cada rosto um quadro novo soube
ser provisório e em fila, enquando nomes
assinam rostos num só rosto: Gonper.

4 Comments:

Anonymous Clotilde Tavares said...

Tenho medo desses poemas que preciso ler duas vezes para entender. Ou é que hoje estou mais burra?

1:09 PM  
Blogger EPIGENIA said...

não sei seu e-mail astier basílio,
gostaria de entrar em contato urgente.
ASSUNTO: Ariano Suassuna

8:59 AM  
Anonymous Gustavo Paso said...

não sei seu e-mail astier basílio,
gostaria de entrar em contato urgente.
ASSUNTO: Ariano Suassuna

8:59 AM  
Anonymous Gustavo PAso said...

não sei seu e-mail astier basílio,
gostaria de entrar em contato urgente.
ASSUNTO: Ariano Suassuna

meu e-mail

pasodarte@pasodarte.com
gustavo@pasodarte.com

9:00 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home